5 coisas que 50 milhões de pageviews me ensinaram

Ser empreendedor não é fácil, não existe meritocracia e altos e baixos acontecem todos os dias.

Postado em: 30/12/2016

5 coisas que 50 milhões de pageviews me ensinaram

Desde ouvir a proposta da Fight Analytics na mesa de um bar até esse final de ano de 2016 muita coisa aconteceu. Tentei resumir um pouco do que aprendi nessa lista. Espero que seja útil pra quem esteja lendo e que eu não cometa os mesmos erros novamente.

1) Se não tá assinado, não tá assinado

Algumas pessoas mais próximas sabem da novela. Nós chegamos bem perto de fechar um investimento para empresa. Mas assim, bem perto mesmo! Faltava só assinar! Tínhamos um plano brilhante, simples e certeiro para lançar um novo produto no mercado, mas no meio disso um sócio quis sair da empresa e atrasou a negociação. Fomos dos milhões de valuation ao zero. Foque em finalizar negociações.

2) Não faça as coisas pensando no investidor, faça as coisas pensando na empresa

A gente tava indo muito bem, focado no produto, pensando nos próximos passos e em como conseguir clientes. Deixamos os olhos brilhar, pensamos nas matérias dos jornais e fomos na onda do investidor. Paramos todas as forças da empresa para levantar uma rodada de investimento e fazer a empresa ser grande de verdade. Bolamos um plano de 2 anos, montamos planilha, fizemos umas 10 reuniões e enquanto isso o produto e os clientes estavam lá parados. Depois de 1 ano de reuniões, planejamento e trabalho árduo ainda ouvimos do investidor que a empresa não andou. SIM! Não andou porque fomos burros de focar em levantar investimento em vez de fazer a empresa andar. Foque no que é importante de verdade pra empresa: clientes.

3) Seja transparente e verdadeiro

Sempre, sempre, sempre! Por favor! Isso não é uma brincadeira, não é um joguinho. É a vida de uma pessoa. É o que ela tem de mais valor, o tempo, a vida e os sonhos. A gente deixa tudo de lado pra entrar de cabeça em um projeto maluco e acreditar que a gente consegue sim criar algo e deixar uma marca nessa vida construindo um legado. Se tu não quer fazer algo, diga logo, saia logo do projeto e deixa quem quer trabalhar, trabalhar. Deixe sempre na mesa suas intenções, ambições e desejos com os projetos ou negócios que estão sendo desenvolvidos. Ninguém quer perder tempo. Eu poderia estar com minha família ou amigos, mas estou aqui conversando contigo sobre como fazer mais dinheiro. Respeite o tempo, conhecimento e a vida dos outros.

4) Aprenda a lidar com os erros dos outros

Esquecer reuniões, puxar o cabo errado e sobrescrever arquivo antigo no servidor é só a ponta do iceberg do quão incapaz de finalizar uma tarefa decentemente o ser humano é. Todo mundo erra o tempo todo, e uma hora ou outra a gente aprende a fazer malabarismo com tudo isso. Aprenda a prever problemas e se antecipe em criar estratégias para resolver isso no meio do caminho. É incrível a capacidade do ser humano em fazer merda.

Chega uma hora que ninguém mais aguenta ouvir tu falar do quão legal o seu produto vai ser, do quão impressionante serão as cifras lá no final da planilha de planejamento e o quão milionário será o contrato com o investidor. A única planilha que realmente importa é a do mês atual.


“Don’t worry about failure, you only fave to be right once. — Drew Houston, Dropbox.”


Em 2017 vou compartilhar mais coisas que aprendi e que continuarei aprendendo. Caso queira acompanhar mais da minha jornada empreendedora, clica aí no ❤ e me segue. Que neste ano todos consigamos avançar na nossa caminhada.


Originalmente postado em: https://medium.com/@lucasinocente/5-coisas-que-50-milhões-de-pageviews-me-ensinaram-dda4cffa2f14